P R E M I A Ç Ã O

 

XV Janeiro de Grandes Espetáculos premia melhores do projeto

Por Leidson Ferraz

Uma noite festiva no Teatro de Santa Isabel aconteceu no dia 03 de fevereiro de 2009. Sob direção do encenador José Francisco Filho e numa realização da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco, a entrega dos troféus Apacepe de Teatro e Dança aos melhores do XV Janeiro de Grandes Espetáculos começou com sete casais de bailarinos coreografados por Fátima Freitas, dançando uma valsa em homenagem aos quinze anos de sucesso do evento, que, este ano, atingiu um público superior a 30% comparado aos anos anteriores. Com apresentação de oito atores vestidos como personagens de alguns dos espetáculos concorrentes, além da participação especialíssima do ator Bobby Mergulhão interpretando a hilária Dona Verinha, que pontuou toda a festa com divertidas histórias de sua família, além de confessar seu sonho de estar finalmente vestida como uma debutante, ao todo, 39 troféus foram concedidos nas categorias teatro para adultos, teatro para crianças e dança, além de prêmios especiais e um destaque à produção local.

O evento contou ainda com homenagens póstumas através de um texto escrito e interpretado pelo ator Albemar Araújo, lembrando os saudosos Henrique Rodrigues, Jandira Airam, Carlos Melo, Cosme Soares, Toinho Alves e Mestre Salustiano, todos falecidos no ano passado. A grande homenageada da noite, a atriz Leda Alves, uma das fundadoras do extinto grupo Teatro Popular do Nordeste, também foi reverenciada, com exibição de um vídeo com depoimentos de amigos como os atores Carlos Reis, Germano Haiut e Joca, funcionário do Teatro de Santa Isabel. Em seu discurso, ela ressaltou a importância de vivenciar o teatro como uma arte de comunhão, agradeceu a todos, e reconheceu que sua caminhada é “estar a serviço do teatro”. Mas o momento mais tocante recaiu sobre o músico Zoca Madureira, ao receber um dos troféus da noite, e lembrar o incêndio que destruiu grande parte do acervo do Balé Popular do Recife neste final de semana. Ele ressaltou a mais recente criação do grupo, “ As Andanças do Divino , um espetáculo que fala da ressurreição e aí, eu me lembro do Deus Shiva, da cultura hindu, que dentro do fogo continua dançando”. Emocionou a muitos.

 

Entre as personalidades que foram entregar os troféus – criações do artista plástico Ricardo Cardeal – estavam Luciana Félix, presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife; Renato L, secretário de Cultura do Recife; Luciana Azevedo, presidente da Fundarpe; e Sérgio Mamberti, presidente da Funarte. Ao final da premiação, já foram confirmadas as participações dos espetáculos Ato , do Grupo Magiluth, no Porto Alegre Em Cena e no Festival Cena Contemporânea, de Brasília, este ano; além de Fio Invisível da Minha Cabeça , da Cia. do Ator Nu, Tempo Fragmento , da Ivaldo Mendonça Em Grupo e de trechos do espetáculo Que Muito Amou , da Cênicas Cia. de Repertório (que fez uma apresentação à parte do Janeiro), no Porto Alegre Em Cena 2009. O XV Janeiro de Grandes Espetáculos aconteceu de 14 a 31 de janeiro de 2009, reunindo 42 espetáculos.

A avaliação do projeto será na próxima terça-feira, dia 10 de fevereiro, às 19h, no Teatro Armazém, com entrada franca.

Confira os vencedores:

TEATRO ADULTO | TEATRO PARA INFÂNCIA | DANÇA

TROFÉU APACEPE DE TEATRO E DANÇA – XV JANEIRO DE GRANDES ESPETÁCULOS

Destaque da Produção Local [concedido pela Apacepe]
Lano de Lins, pela realização do Teatro Alfredo de Oliveira

VENCEDORES DA CATEGORIA TEATRO ADULTO

Melhor Espetáculo [segundo comissão julgadora]
Ato [Grupo Magiluth]

Melhor Espetáculo [segundo júri popular]
Trupizupe, o Raio da Silibrina [Pedro Portugal Produções]

Melhor Diretor
Marcondes Lima [Rasif – Mar Que Arrebenta]

Melhor Ator
Ricardo Mourão [O Crime do Padre Amaro]

Melhor Atriz
Marilena Breda [Algum Amor Para Eugênia]

Melhor Ator Coadjuvante
Leidson Ferraz [Trupizupe, o Raio da Silibrina]

Melhor Atriz Coadjuvante
Não houve indicação

Ator Revelação
Não houve indicação

Atriz Revelação
Não houve indicação

Melhor Iluminação
Játhyles Miranda [Rasif – Mar Que Arrebenta]

Melhor Cenário
Marcondes Lima [Anjos de Fogo e Gelo]

Melhor Figurino
Aníbal Santiago [Anjos de Fogo e Gelo]

Melhor Maquiagem
Júlia Fontes [Ato]

Melhor Sonoplastia
Rafael Almeida [Por Uma Cabeça]

Melhor Trilha Sonora
Henrique Macedo [Rasif – Mar Que Arrebenta]

Prêmio Especial de Teatro Adulto
À dramaturgia dos espetáculos Anjos de Fogo e Gelo [Rainbow Produções e Eventos] , Cantigas do Sol – Dom Quixote de Cordel [Dramart Produções], O Crime do Padre Amaro [Galharufas Produções] e Rasif – Mar Que Arrebenta [Coletivo Angu de Teatro].

JURADOS
Alexandre Magalhães [RS], Diana Morais [Portugal], Dimer Monteiro [DF], Kleber Lourenço [PE] e Paulo Michelotto [PE].


< sobe >

VENCEDORES DA CATEGORIA TEATRO PARA INFÂNCIA

Melhor Espetáculo [segundo comissão julgadora]
Outra Vez, Era Uma Vez... [Companhia Fiandeiros de Teatro]

Melhor Espetáculo [segundo júri popular]
Historinhas de Dentro [Grupo de Teatro Quadro de Cena]

Melhor Diretor [empate]
André Filho [Outra Vez, Era Uma Vez...]
Samuel Santos [Historinhas de Dentro]

Melhor Atriz
Andreza Nóbrega [Historinhas de Dentro]

Melhor Ator
Não há indicação

Melhor Ator Coadjuvante
Arilson Lopes [A Árvore de Julia]

Melhor Atriz Coadjuvante
Ana Maria Ramos [A Árvore de Julia]

Melhor Trilha Sonora
André Filho [Outra Vez, Era Uma Vez...]

Melhor Iluminação
O Poste Soluções Luminosas [Historinhas de Dentro]

Melhor Cenário
Marcondes Lima [Outra Vez, Era Uma Vez...]

Melhor Figurino
Manuel Carlos [Outra Vez, Era Uma Vez...]

Melhor Maquiagem
Manuel Carlos [Outra Vez, Era Uma Vez...]

Prêmio Especial de Teatro Para Crianças
A André Filho e Samuel Santos pela dramaturgia voltada para a infância e juventude

JURADOS
Augusta Ferraz [PE], Dimer Monteiro [DF], Jaqueline Castro [MG], Madalena Acioly [PB] e Maria Alves [PE].

< sobe >

VENCEDORES DA CATEGORIA DANÇA

Melhor Espetáculo [segundo comissão julgadora]
Imagens Não Explodidas [Cia. Etc]

Melhor Espetáculo [segundo júri popular]
Coreológicas Recife [Acupe Grupo de Dança]

Melhor Bailarina
Maria Agrelli [Tempo Fragmento]

Melhor Bailarino
Ivaldo Mendonça [Tempo Fragmento]

Melhor Trilha Sonora [empate]
André Freitas [Igual Sem Igual]
Antônio Madureira [As Andanças do Divino]

Melhor Iluminação
Luciana Raposo [Imagens Não Explodidas]

Prêmio Especial de Dança:
A André Madureira, pela liderança no Balé Popular do Recife há 32 anos

JURADOS
Abelardo Teles [MA], Arthur Marques [PB], Jacqueline Castro [MG], Luiz Roberto [PE] e Maria Paula Costa Rêgo [PE].

Maiores informações:
Leidson Ferraz | assessoria de imprensa
[81] 3222 0025 / 9292 1316

< sobe >

 

 

Santa Isabel | 81-3232 2940
Parque | 81-3232 1553
Apolo | 81-3232 2028
Hermilo | 81-3232 2030
Armazém | 81-3424 5613
Barreto Júnior | 81-3232 3054
 

Prêmio APACEPE
de Teatro e Dança

Sobre a premiação <
Lista dos Premiados <
Lista dos Indicados <

 
Edição Anterior
14º JGE | 2008