...

OE

Foto: Fernando Stankus

OE
Eduardo Okamoto (Campinas/SP)

Local: Teatro Apolo

Dias 21 e 22 de janeiro de 2017 (sábado e domingo) às 18h e 20h respectivamente
Entrada R$: 20,00 (Inteira) | 10,00 (Meia) | Classificação etária: a partir dos 12 anos | Duração: 1h20


Trabalho solo com dramaturgia inspirada na obra do escritor japonês Kenzaburo Oe, especialmente no livro “Jovens de Um Novo Tempo, Despertai!”. O espetáculo, porém, não dramatiza a ficção do autor nipônico. Encontra nela impulso para a abertura de imaginários. Na história, ao reconhecer a possibilidade iminente da morte, um homem escreve para o seu filho primogênito, que possui severa deficiência intelectual, um livro contendo a definição de todas as coisas existentes no mundo. Neste projeto urgente e impossível, um legado e um sonho: no dia da sua morte, toda a sua experiência acumulada em si fluiria para o espírito inocente do garoto.



Encenação, iluminação, figurino e cenografia: Márcio Aurélio

Dramaturgia: Cássio Pires, inspirado na obra de Kenzaburo Oe

Assistência de direção: Lígia Pereira

Assistência de iluminação: Silviane Ticher

Orientação corporal: Ciça Ohno

Assistente de figurino e cenário: Maurício Schneider

Orientação pedagógica do projeto: Suzi Frankl Sperber

Coordenação técnica: Silvio Fávaro

Assistência de produção: Mariella Siqueira

Direção de produção: Daniele Sampaio e SIM! Cultura

Atuação: Eduardo Okamoto

 

*Com debate ao final da primeira sessão, abordando o processo criativo do espetáculo, da obra de Kenzaburo Oe e, sobretudo, das relações arte/sociedade.

Este projeto foi contemplado com o PRÊMIO FUNARTE DE TEATRO MYRIAM MUNIZ/2015.